DAL-BÓ, RENATA

Renata Marques de Avelar Dalbó
Nasceu em Ilha Solteira, interior de São Paulo, em 1972. Trabalhou no projeto do Dicionário Musical de Mário de Andrade, em 1988, o que a fez decidir-se pela carreira jornalís­tica. Em 1990, ingressou no curso de Jornalismo da Universidade Federal de Santa Catarina. Ao se formar, trabalhou como repórter na RBS TV em Criciúma, mas, já naquela época, deu-se conta de que gostava mesmo era de escrever. O sonho de ter seus textos publicados hibernou por 15 anos, enquanto isso se dedicou à carreira de professora e coordenadora de uma escola de Inglês. Na sua pós-graduação em Língua Inglesa, teve como tema de monografia a tradução de poemas, o que a fez voltar a pensar em criar seus próprios textos. Quando completou 40 anos, decidiu que era hora de se dedicar àquilo que sempre desejou: escrever. Desde então, há mais de três anos, tem sua própria coluna de crônicas no jornal Diário do Sul, na cidade de Tubarão, onde mora há 23 anos.