OLINGER, GLAUCO

Glauco Olinger 
Nasceu em Lages, SC, em 1922. É engenheiro agrônomo, for­mado pela Universidade Rural de Minas Gerais – Viçosa; economista rural, pelo I.S.E.O, e técnico em administração. Pós-graduado em Extensão Rural, foi se­cretário da Agricultura e da Educação nos governos de Ivo Silveira e Colombo Salles, e autor do plano de agricultura in­serido no PLAMEG – Plano de Metas do Governo, na gestão de Celso Ramos. As­sentou 3.500 famílias agricultoras no su­doeste do Paraná como administrador da Colônia Agrícola Nacional General Osó­rio, quando foi fundada a cidade de Fran­cisco Beltrão. Presidente da Empresa Brasileira de Assistência Técnica e Ex­tensão Rural – EMBRATER; fundador e diretor da Extensão Rural – ACARESC em Santa Catarina; fundador e diretor do Centro de Ciências Agrárias da UFSC.Na qualidade de consultor da FAO/ ONU, organizou a extensão rural em An­gola-África e no arquipélago de Cabo Verde. A convite do governo alemão, efetuou avaliação da reforma agrária – Flurbereinigung e, pelo Instituto Brasi­leiro de Reforma Agrária – IBRA, ava­liou as reformas agrárias no México, na Guatemala, no Chile, na Venezuela e nos Estados Unidos. Foi pró-reitor da UFSC e presidente da Companhia de Desenvol­vimento Agrícola – CIDASC. É membro honorário da Academia Brasileira de Ciência Agronômica e professor Emérito da UFSC. Recebeu várias homenagens, entre as quais a Medalha de Mérito Na­cional de Agricultura, da Confederação Nacional de Agricultura – CNA; Meda­lha Anita Garibaldi, do governo Colom­bo Salles; Ordem do Mérito Jerônimo Coelho, do CREA; Prêmio Frederico de Menezes, da EMBRAPA; Prêmio Nacio­nal de Extensão Rural, outorgado pelo presidente Ernesto Geisel.