SALIM MIGUEL

Salim Miguel
Autor de mais de 30 livros. Reconhecido como um dos mais destacados ficcionistas, é também contista, cronista e ensaísta. E entre seus romances, destacam-se: Nur na Escuridão e a Voz Submersa. Salim Miguel recebeu entre outros o Troféu Juca Pato, como intelectual do Ano de 2002 e o Prêmio Zaffary – Bourbon, para melhor romance publicado entre 1999-2001. Nascido em 1924, o vencedor do Prêmio Machado de Assim chegou ao Brasil ainda criança. Depois de viver sua adolescência no munícipio catarinense de Biguaçu, mudou-se para Florianópolis onde, nas décadas de 1940 e 50, integrou o movimento modernista nas artes catarinenses: O Grupo Sul. Dirigiu a Editora UFSC, dando-lhe uma sede moderna e o status de uma das melhores editoras universitárias do Brasil. Foi presidente da Fundação Franklin Cascaes, em Florianópolis, editor de literatura do jornal O Estado e o principal responsável pela integração de consagrados escritores cariocas com a cultura de Santa Catarina. Participou da comissão que lançou o Prêmio Cruz e Sousa de Literatura e trouxe para Florianópolis, nos anos 80, a Bienal Nestlé de Poesia.